Acesse o novo site


Página inicial » Novidades » Superávit na primeira semana de outubro é de US$ 572 milhões

Superávit na primeira semana de outubro é de US$ 572 milhões

Segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Brasília (10 de outubro) – As exportações brasileiras, na primeira semana de outubro (1º a 9), com cinco dias úteis, foram de US$ 5,4 bilhões, com média diária de US$ 1,08 bilhão. O resultado é 17,5% superior à média de US$ 919,1 milhões, registrada em outubro de 2010.

Neste comparativo, houve aumento nas exportações das três categorias de produtos. Nos semimanufaturados (21,4%), os produtos que se destacaram foram óleo de soja em bruto, semimanufaturados de ferro e aço, catodos de cobre, borracha sintética e artificial, ferro fundido, ferro-ligas e ouro em forma semimanufaturada. Entre os básicos (21%), os destaques ficaram por conta de minério de cobre, algodão em bruto, soja em grão, milho em grão, carne de frango e café em grão.

Nos manufaturados (10,8%), os produtos com maior crescimento, na comparação entre outubro de 2010 e 2011, foram centrifugadores e aparelhos para filtrar, hidrocarbonetos, suco de laranja congelado, etanol, suco de laranja não congelado, polímeros plásticos, veículos de carga, máquinas e aparelhos para terraplanagem e tratores.

Na comparação com a média de setembro deste ano (US$ 1,108 bilhão), as exportações tiveram redução de 2,6%, com diminuição nas vendas de produtos básicos (-8,1%) e semimanufaturados (-0,5%). Por outro lado, cresceram as exportações de bens manufaturados (4%).

Na primeira semana do mês, as importações somaram US$ 4,828 bilhões, com resultado médio diário de US$ 965,6 milhões. Por esse critério, houve aumento de 16,7% em relação a outubro do ano passado (média de US$ 827,7 milhões). Cresceram os gastos, principalmente, com alumínio e obras (119,2%), produtos diversos das indústrias químicas (59,2%), combustíveis e lubrificantes (55,1%), borracha e obras (39,8%), cereais e produtos de moagem (35,4%), aeronaves e peças (33,5%), veículos automóveis e partes (24,2%) e equipamentos elétricos e eletrônicos (21,1%).

Na comparação com setembro de 2011 (média de US$ 962,5 milhões), houve aumento de 0,3% nas aquisições no mercado externo. Houve incrementos, principalmente, nos seguintes produtos: aeronaves e peças (68,6%), alumínio e obras (67,2%), produtos diversos das indústrias químicas (32,4%) e veículos automóveis e partes (16,4%).

Com estes dados, a balança comercial brasileira registrou, na primeira semana de outubro, superávit de US$ 572 milhões, com média diária de US$ 114,4 milhões. Este valor está 25,2% acima do registrado em outubro de 2010 (média de US$ 91,4 milhões) e é 21,8% menor ao verificado em setembro deste ano (US$ 146,4 milhões).

A corrente de comércio (soma das exportações e importações) totalizou US$ 10,228 bilhões, com média diária de US$ 2,045 bilhões. Houve crescimento de 17,1% na comparação com a média de outubro de 2010 (US$ 1,746 bilhão) e queda de 1,2% sobre a de setembro deste ano (US$ 2,071 bilhões).

Ano

De janeiro à primeira semana de outubro deste ano (194 dias úteis), as vendas ao exterior somaram US$ 195,4 bilhões (média diária de US$ 1,007 bilhão). Na comparação com a média diária do mesmo período de 2010 (US$ 772,5 milhões), as exportações cresceram 30,4%. As importações foram de US$ 171,794 bilhões, com média diária de US$ 885,5 milhões. O valor está 25,9% acima da média registrada no mesmo período de 2010 (US$ 703,5 milhões).

No acumulado do ano, o saldo positivo da balança comercial já chega a US$ 23,606 bilhões, com média diária de US$ 121,7 milhões. No mesmo período de 2010, o superávit foi de US$ 13,03 bilhões, com média de US$ 68,9 milhões. Pela média, houve aumento de 76,5% no comparativo entre os dois períodos. A corrente de comércio somou US$ 367,194 bilhões, com média diária de US$ 1,892 bilhão. O valor é 28,2% maior que a média aferida no mesmo período no ano passado (US$ 1,476 bilhão).


Acesse as informações da balança comercial da primeira semana de outubro.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação Social do MDIC
(61) 2027-7190 e 2027-7198
André Diniz
andre.diniz@mdic.gov.br

Redes Sociais:
twitter.com/mdicgovbr
facebook.com/mdic.gov
youtube.com/user/MdicGovBr


« Voltar | Imprimir