Acesse o novo site


Página inicial » Novidades » Setembro acumula superávit de US$ 1,3 bilhão

Setembro acumula superávit de US$ 1,3 bilhão

Segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Brasília – A balança comercial das duas primeiras semanas de setembro, que teve seis dias úteis, fechou com superávit (diferença entre as exportações e importações) de US$ 1,319 bilhão. As exportações somaram US$ 6,832 bilhões (média de US$ 1,139 bilhão por dia útil) e as importações, US$ 5,513 bilhões (média de US$ 918 milhões). A corrente de comércio (soma de exportações e importações) totalizou US$ 12,345 bilhões, com média de US$ 2,057 bilhões por dia útil.

Mês

Na semana que passou, com quatro dias úteis, em razão do feriado de 7 de Setembro, o superávit foi de US$ 1 bilhão (média de US$ 250 milhões por dia útil). As exportações somaram US$ 4,718 bilhões (média de US$ 1,179 bilhão) e as importações, US$ 3,715 bilhões (média de US$ 928 milhões). A primeira semana do mês (dias 1º e 2) teve superávit de US$ 316 milhões (média de US$ 158 milhões). As exportações foram de US$ 2,114 bilhões (média de US$ 1,057 bilhão) e as importações, de US$ 1,798 bilhão (média de US$ 899 milhões).

Houve aumento de 27% nas exportações, na comparação das médias diárias das duas primeiras semanas de setembro de 2011 com a média diária do mesmo período de 2010 (US$ 1,139 bilhão, contra US$ 896,8 milhões). O aumento é explicado pelo crescimento das exportações das três categorias de produtos: básicos (+27,2%, de US$ 424,1 milhões para US$ 539,3 milhões), semimanufaturados (+49,1%, de US$ 116,6 milhões para US$ 173,9 milhões) e manufaturados (+20,3%, de US$ 340,6 milhões para US$ 409,6 milhões).

Também houve aumento de 8,7% nas importações, na comparação das médias diárias das duas primeiras semanas de 2011 com as duas primeiras semanas de 2010 (US$ 918,8 milhões, contra US$ 845,5 milhões). No comparativo com setembro do ano passado, aumentaram os gastos, principalmente, com adubos e fertilizantes (+42,7%), cereais e produtos de moagem (+31,0%), cobre e suas obras (+27,7%), veículos automóveis e partes (+20,8%), combustíveis e lubrificantes (+17,3%), farmacêuticos (+16,2%), borracha e obras (+14,4%) e plásticos e obras (+12,5%).

Ano

No acumulado do ano (174 dias úteis), o saldo comercial foi positivo em US$ 21,279 bilhões, com média diária de US$ 122 milhões, resultado 78,6% maior que o registrado no mesmo período do ano passado. A corrente de comércio, US$ 325,813 bilhões (média de US$ 1,872 bilhão), também foi maior - 29,5% frente ao mesmo período de 2010.

Pelo mesmo critério e período de comparação, as exportações cresceram 31,7%, chegando a US$ 173, 546 bilhões (média de US$ 997 milhões) de janeiro à segunda semana de setembro. Nas importações, o aumento foi de 27%, tendo as compras internacionais alcançado US$ 152,267 bilhões (média de US$ 875 milhões) no período analisado.

Acesse a nota completa com as informações da balança comercial no período.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação Social do MDIC
(61) 2027-7190 e 2027-7198
ascom@mdic.gov.br


« Voltar | Imprimir