Acesse o novo site


Página inicial » Novidades » Exportações brasileiras mantêm patamar elevado em 2012

Exportações brasileiras mantêm patamar elevado em 2012

Quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

As exportação brasileiras tiveram o segundo maior valor da série histórica da balança comercial em 2012, com o valor de US$ 242,6 bilhões, número inferior apenas ao registrado em 2011 (US$ 256 bilhões), apresentando queda de 5,3%.

O mesmo aconteceu com as importações, que fecharam o ano em US$ 223,1 bilhões, com retração de 1,4% em relação ao recorde estabelecido em 2011 (US$ 226,2 bilhões). Com esses resultados, o saldo comercial foi de US$ 19,4 bilhões e a corrente de comércio, de US$ 465,7 bilhões. 

Ao divulgar os números hoje, em entrevista coletiva, a ministra interina do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Tatiana Lacerda Prazeres, analisou que os dados mostram que as exportações brasileiras mantiveram um patamar elevado mesmo diante da crise econômica internacional.

“Estamos no mesmo patamar de 2011, quando as exportações brasileiras tiveram crescimento de 27% em relação a 2010, o que as colocou em um patamar bastante elevado. Deste modo, essa queda de 5,3%, este ano, não nos afasta deste nível histórico e recorde”, disse a ministra interina.

Tatiana observou ainda que, em 2009, no primeiro momento da crise econômica internacional, houve retração de 22% nas vendas brasileiras ao exterior. “Apesar dos efeitos da crise externa, nesse ano, portanto, o comércio exterior brasileiro apresenta um bom desempenho”, afirmou.

A ministra também chamou atenção para o fato de que a redução das vendas foi menor entre os produtos manufaturados (-1,7%), enquanto que a queda nos semimanufaturados e básicos foi, respectivamente, de 8,3% e 7,4%.

Em relação aos mercados, uma das novidades de 2012 está relacionada à China que, pela primeira vez na série histórica, terminou o ano como principal origem das importações brasileiras, com aquisições de US$ 34,2 bilhões, tomando o lugar dos Estados Unidos (US$ 32,6 bilhões). Na sequência, estão os mercados de Argentina (US$ 16,4 bilhões), Alemanha (US$ 14,2 bilhões) e Coreia do Sul (US$ 9,1 bilhões).

Os principais mercados de destino das exportações brasileiros, em 2012, foram China (US$ 41,2 bilhões), Estados Unidos (US$ 26,8 bilhões), Argentina (US$ 18 bilhões), Países Baixos (US$ 15 bilhões) e Japão (US$ 8 bilhões).

Sobre os produtos brasileiros exportados, alcançaram recordes de vendas no ano: farelo de soja (US$ 6,595 bilhões), milho (US$ 5,359 bilhões), óleos combustíveis (US$ 5,038 bilhões), algodão em bruto (US$ 2,104 bilhões), bombas e compressores (US$ 1,778 bilhões) e ônibus (US$ 295 milhões).

Crédito da foto: Valter Campanato/ABr

Acesse os dados da balança comercial brasileira

Veja a apresentação feita durante a entrevista coletiva

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação Social do MDIC
(61) 2027-7190 e 2027-7198
André Diniz
andre.diniz@mdic.gov.br

Redes Sociais:
www.twitter.com/mdicgovbr
www.facebook.com/mdic.gov
www.youtube.com/user/MdicGovBr


« Voltar | Imprimir